quinta-feira, 11 de agosto de 2011

NOTICIA PETROLEO:

Petrolíferas russas pelo mundo

As gigantes da indústria do petróleo da Rússia deram início à nova etapa da sua expansão global. A empresa Lukoil vai dedicar-se à exploração da plataforma continental da República de Serra Leoa, na África, e o consórcio russo-britânico TNK-BP está a concluir a compra de quotas de uma empresa brasileira que prospecta petróleo no norte do Brasil.



Os analistas entendem que as vantagens obtidas por estas empresas são evidentes, pois elas penetram nos mercados petrolíferos do mundo que acusam os índices mais elevados de desenvolvimento. Por exemplo, no trecho do Rio Amazonas – que estará sob os cuidados da TNK-BP – existem mais de 20 jazidas, e o total já prospectado das suas reservas aproxima-se dos 780 milhões de barris de petróleo, podendo atingir marcas ainda maiores.

O primeiro dos projectos sulamericanos do consórcio russo– britânico foi iniciado na Venezuela.

Actualmente neste país são exploradas três jazidas, uma das quais pertencia anteriormente à BP. O volume do petróleo extraído diariamente é 25 milhões de barris. O facto de que a companhia irá trabalhar também no Brasil, vai diversificar seus negócios e reforçar as posições da BP no mercado petrolífero.

Além de projectos sul-americanos, a companhia TNK-BP procura agora penetrar na Argélia e trabalha intensamente no Vietname. Este último projecto é especialmente interessante, pois proporciona à empresa a experiência necessária de perfuração de poços de grande profundidade. Mais tarde, esta experiência poderá resultar útil quando da exploração de jazidas da Península de Yamal, na Sibéria.

Por sua vez, a Lukoil está muito focada nas reservas de petróleo da África. Além da compra de uma jazida em Serra Leoa, a empresa tem contratos de exploração no Gana e na Costa do Marfim, e pretende chegar em breve ao Gabão, sem contar com outros países africanos nos quais também está interessada.

A Lukoil marca presença, igualmente, na Comunidade de Estados Independentes, actuando no Cazaquistão e no Uzbequistão, e analisa ainda outras possibilidades na Ásia Central.

Para os analistas, a estratégia das empresas Lukoil e TNK-BP está correcta, pois além da expansão, elas procuram a diversificação de mercados.
 
(Diário da Rússia) Extraído de http://www.opais.net
11 de Agosto de 2011

Nenhum comentário:

WORKSHOP DE DESENVOLVIMENTO PESSOAL EM MANAUS - Prof. Elias Santos Junior

Em tempos de crise como a que estamos vivenciando nos últimos anos fica extremamente evidente que é necessário se reinventar, adquirir...