Seja bem vindo

Ola, esse blog reune algumas de minhas ideias, pensamentos e devaneios, porem apresenta tambem um resumo daquilo que leio e acho interessante na área do Coaching, Motivação e estilo de vida, da Geologia, Geografia, Biologia, Petróleo & Gás e Meio Ambiente.

Gostaria de saber sua opinião sobre as postagens, portanto ficaria feliz em receber seus comentarios.
Entre e fique a vontade!!


terça-feira, 31 de agosto de 2010

DOWNLOAD: Livro Rochas Sedimentares - Kenitiro Suguio - xerox

Caros colegas disponibilizo para dowload uma copia do livro do Prof. Suguio "Rochas Sedimentares"

Excelente livro, porem dificilmente encontramos disponivel para a venda. O autor lancou outro chamado "Geologia Sedimentar" o qual eu recomendo comprar.

O download abaixo deve servir para degustacao do livro e posteriormente a compra da versao atualizada.

Prof. Elias Santos Junior
Manaus - Amazonas - Brasil




segunda-feira, 16 de agosto de 2010

NOTICIA: Abertas 28 mil vagas para cursos de petróleo e gás


 Plataforma da Petrobras: Prominp visa atender as demandas da indústria do petróleo e gás

São Paulo - De olho no crescimento do mercado de trabalho do setor de petróleo, o Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp) abre 27.915 vagas para cursos gratuitos de qualificação profissional.

Há programas voltados para os níveis básico, médio, técnico e superior em 13 estados brasileiros: Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Sergipe e São Paulo.

Ao todo são 840 vagas para profissionais de nível superior. Segundo informações do Prominp, participantes desempregados terão direto a uma ajuda de custo.

 O valor é de 300 reais para os cursos de nível básico, 600 reais para o de nível médio e técnico e 900 reais para aqueles que tiverem concluído um curso de ensino superior.

Para se inscrever, os candidatos devem ter idade mínima de 18 anos e preencher os requisitos mínimos exigidos pelo curso de interesse.

As provas serão realizadas no dia 24 de outubro. A relação de aprovados será divulgada em  18 de novembro.

As inscrições devem ser feitas até 12 de setembro no site do Prominp, ou nos postos credenciados, listados no edital. A taxa varia de 24 a 60 reais. Os pedidos de isenção devem ser solicitados até 24 de agosto pelo site do programa.

_________________
Comentario:
Excelente oportunidade qualificacao, vamos la pessoal, se inscrevam e boa sorte!
Professor Elias Santos Junior
Manaus - Amazonas - Brasil

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

DOWNLOAD: Livro Fundamentos de Engenharia de Petroleo

Ola colegas,
Disponibilizo nesse post o link para download do livro Fundamentos de Engenharia de Petroleo do Jose Thomas.

Excelente obra e fundamental para aqueles que trabalham e estudam a area do Petroleo & Gas.

Baixe a obra, deguste e depois adquira em uma livraria.

Saudacoes,
Professor Elias Santos Junior
Manaus - Amazonas - Brasil


Download aqui

Para comprar na Livraria Relativa clique aqui

SENHORES, RECEBI UMA NOTIFICAÇÃO SOBRE ESSE LIVRO, RETIREI O LINK, NAO QUE ISSO IMPEÇA ALGUEM DE ENCONTRA-LO NA INTERNET, POREM SE É O DESEJO DA EDITORA, ESTÁ FEITO.

 

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

TECNOLOGOS: Regulamentação dos tecnólogos vai ao debate no 7º CNP

A menos de um mês do 7º Congresso Nacional de Profissionais, já estão disponíveis no site do Confea as 55 propostas que resultaram da sistematização das mais de 500, vindas dos congressos estaduais realizados por todo o país, ao longo do primeiro semestre.

Divididas em cinco eixos, as proposições visam estabelecer parâmetros para a atuação do Sistema Confea/Crea para os próximos anos e serão votadas em duas etapas por 487 delegados. A primeira de 26 a 28 de agosto em Cuiabá/MT, a segunda, dias 17 e 18 de novembro em Brasília/DF.

Entre as 55 propostas duas tratam da regulamentação da profissão de tecnólogos. Nível superior de ensino introduzido no Brasil no final da década de 60, para formar profissionais em dois a três anos de estudo, e atender campos específicos do mercado de trabalho.

O foco das duas propostas é o Projeto de lei 2245, que regulamenta a profissão e define suas atribuições. Ambas concordam com a regulamentação mas são contrárias à definição de atribuições em lei, como redigido no projeto de lei de autoria do deputado Reginaldo Lopes (PT/MG), com relato de Vicentinho (PT/SP).

Sobre o projeto de lei, Marcos Túlio de Melo, presidente do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia – entidade à qual os tecnólogos são ligados -, afirma ser favorável à regulamentação, mas discorda das atribuições serem definidas por meio de uma lei.

Argumentos - Para o presidente do Confea, “essas atribuições devem ser concedidas pelo órgão já existente de fiscalização do exercício profissional da respectiva área de atuação do tecnólogo, e não por meio de lei”, acredita.

Na defesa de seu argumento, em encontro realizado em junho último, com o autor do PL, deputado Reginaldo Lopes, Túlio de Melo conseguiu que um substitutivo com as alterações fosse juntado ao projeto de lei que atualmente tramita na Comissão de Educação e Cultura (CEC).

Sobre o “conflito” gerado pela interferência de ações entre modalidades profissionais, e sobre as discussões geradas pela diferença de tempo para a formação, o presidente do Confea lança mão da Resolução 1010, de 2005, em vigor desde 2007, que define a concessão de atribuições de acordo com o currículo estudado e não pela carga horária.

Ele lembra que é preciso considerar que boa parte dos jovens busca os cursos de tecnólogos em função de uma resposta mais rápida. “Temos dados que indicam que 16% das pessoas que procuram os cursos superiores de tecnologia atualmente estão inseridos na faixa etária de 16 a 20 anos; sendo que 51,2% têm menos de 25 anos”.

Sustentação - Há pouco mais de um mês, durante o seminário internacional sobre “Cursos Superiores de Tecnologia: Educação e o Mundo do Trabalho, realizado em Brasília, o ministro da Educação, Fernando Haddad, disse que para o MEC “a expansão dos cursos tecnológicos e técnicos é de fundamental importância para o país, e que essa é uma diretriz do Ministério”.

De acordo com o ministro, em 2006 havia no Brasil dois milhões de matrículas nesses cursos e em 2008, seis milhões, “mas isso significa somente 10% da população economicamente ativa com diploma de nível superior”, disse.

Sobre a regulamentação da profissão de tecnólogo, o ministro da Educação foi direto em se comprometer com o “o apoio à tramitação do Projeto de Lei 2245 para que possamos ter uma boa notícia de uma lei que dê sustentação ao tecnólogo no mercado de trabalho. Hoje muito editais restringem a participação dos tecnólogos, o que não tem base legal”, afirmou.

O presidente do Confea, presente ao seminário, ao falar com o ministro deixou claro que o Conselho Federal apoia o PL com o voto do seu relator, mas que “caberá aos Conselhos dar as atribuições aos profissionais”.

Fonte: Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia Confea
Ascom CREA-AM  Ascom CREA-AM