quarta-feira, 28 de julho de 2010

AMAZONIA: Estudantes pesquisam sobre erosão no Tarumã-Mirim



Pesquisar os fatores de modificação do solo e meio ambiente em geral, provocados pela chuva, vento e pela ação do homem é o objetivo de um grupo de estudantes do Ensino Fundamental da Escola Municipal José Sobreira do Nascimento, localizada na comunidade Nossa Senhora de Fátima, no Tarumã-Mirim, área rural de Manaus.

O projeto intitulado: “Do sensoriamento remoto ao georeferenciamento: uma abordagem dos processos erosivos que ocorrem nas comunidades Livramento e Nossa Senhora de Fátima”, não consiste em pesquisar somente os fatores que modificam o meio ambiente, mas também pontuar os locais com auxílio de imagens de satélite onde estão ocorrendo os processos erosivos.

A pesquisa faz parte do Programa Ciência na Escola (PCE) da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM) ,realizado em parceria com as secretarias estadual e municipal de ensino (Seduc e Semed), envolvendo escolas da capital e do interior do Amazonas.

De acordo com o coordenador do projeto, Ronaldo Gama Pereira, a pesquisa surgiu da necessidade de envolver os alunos da comunidade em assuntos relacionados ao cotidiano deles. Ainda segundo Pereira, como a escola está localizada numa área cercada de florestas e rios, o tema “Meio Ambiente” tornou-se propício para o estímulo ao estudo.

Etapas

Primeiramente, os alunos farão um estudo do referencial teórico do projeto. Em seguida, eles irão a campo fazer uma observação direta dos fenômenos que influenciam o solo, pontuando os locais de ocorrência por meio do auxílio de imagens de satélites.

Pereira explica que serão seis meses de pesquisas e, posteriormente, uma apresentação pública com os resultados do trabalho.

Importância do PCE

Pereira ressaltou a importância do PCE desenvolvido junto à educação básica dos alunos. “Quando o aluno se envolve em pesquisa, o mesmo tende a melhorar o desempenho dentro da sala de aula, além de adquirir mais responsabilidade enquanto aluno”.

De acordo o professor, os alunos envolvidos em pesquisa podem contribuir também  com a comunidade no sentido de minimizar a problemática da questão ambiental uma vez que o estudo faz referência ao meio ambiente. “verifica-se que o PCE também tem uma extensão social porque influencia a família e até a comunidade na qual está inserido”, observou.

Sobre o PCE

O PCE é uma ação criada pela FAPEAM com objetivo de estimular a participação de professores e estudantes da rede estadual e municipal de ensino público no Amazonas em projetos de pesquisa científica e tecnológica a serem desenvolvidos nas escolas.

O programa tem se mostrado uma estratégia bem sucedida na formação de pesquisadores ainda na fase escolar e conta com a parceria das secretarias estadual (SEDUC) e municipais de ensino (SEMED).


____________
Comentario:
Excelente iniciativa da Fapeam em apoiar esse tipo de pesquisa, fico muito feliz em ver que algumas pessoas conseguem fazer a diferenca.

 No meu dia a dia sempre vejo alguns profissionais dizendo que nao da pra fazer tal coisa porque nao existe laboratorio, infraestrutura, etc, agora eu pergunto, sera que no Taruma tem esses laboratorios? claro que nao, mas existem algo importantissimo, vontade de fazer pesquisa, e tendo isso fica mais facil viabilizar as solucoes.

Finalizando, recomendo esse blog para os interessados em conhecer um pouco mais sobre essa regiao proximo a Manaus.

Saudacoes Geologicas
Professor Elias Santos Junior
Manaus - Amazonas - Brasil

Nenhum comentário:

WORKSHOP DE DESENVOLVIMENTO PESSOAL EM MANAUS - Prof. Elias Santos Junior

Em tempos de crise como a que estamos vivenciando nos últimos anos fica extremamente evidente que é necessário se reinventar, adquirir...